Thursday, September 06, 2018

«Ferreira de Castro, agitador no Brasil» 1990 - (2, repostagem)

seringueiro - fonte
Nascido em Ossela, Oliveira de Azeméis, em 1898, Ferreira de Castro emigrou para o Brasil aos 12 anos, embarcando no vapor «Jerôme», rumo a Belém do Pará.
A experiência dos quatro anos que passou no seringal, ironicamente chamado «Paraíso», foi matéria de que se serviu para escrever um romance que evoca os deserdados do Ceará e do Maranhão, gente que demandava a selva sonhando com uma vida melhor, mas que ficava para sempre agrilhoada ao «inferno verde».

«Ferreira de Castro, agitador no Brasil», O Jornal, Lisboa, 2 de Novembro de 1990.

2 comments:

LMR said...

Olá,

Gostaria de entrar em contacto consigo acerca dumas questões sobre Ferreira de Castro.

Ricardo António Alves said...

Bom dia
o meu mail: raalves1964@gmail.com