Monday, January 26, 2015

Ana Margarida de Carvalho fala sobre A SELVA

«Ler Ferreira de Castro, 40 anos depois». No Museu Ferreira de Castro, sexta-feira, 30 de Janeiro, pelas 19 horas.
tel.: 219238828

Tuesday, January 20, 2015

Tuesday, January 13, 2015

Manuel da Silva Ramos fala sobre A LÃ E A NEVE

«Ler Ferreira de Castro, 40 anos depois». No MU.SA -- Museu das Artes de Sintra, sexta-feira, 16 de Janeiro, pelas 19 horas.
informações: museu.fcastro@cm-sintra.pt;
tel.: 219238828


Monday, January 12, 2015

sobre´«A Selva»

Uma crítica à Selva, no blogue O Planeta Livro, de Mário Rufino.

Saturday, January 03, 2015

Francesc Ferrer i Guardia

O boletim libertário açoriano Vida Nova  republica um texto de Ferreira de Castro n'A Batalha, evocando a execução do pedagogo anarquista catalão Francesc Ferrer i Guàrdia.
(lido aqui)


Wednesday, December 17, 2014

castrianas - Joaquim Manso

Joaquim Manso
retratado por Guilherme Filipe
Museu J. Manso, Nazaré
«Pintura sóbria, verdadeira...» titula um magnífico texto de Joaquim Manso sobre A Selva, recolhido por Jaime Brasil, em 1931, e previamente publicado no mítico e inultrapassado Diário de Lisboa, jornal que fundou e dirigiu durante décadas.
Manso começa por estabelecer um fio condutor a partir do romance anterior, Emigrantes, relevando «a mesma esteira de atribuir voz e eloquência às coisas mudas, sujeitas a cadeias milenares». Segue-se a exposição dos dois eixos sobre que assenta a narrativa: o aspecto social dos seringueiros, desterrados e explorados na extracção do látex na brenha amazónica, e a massa vegetal onde ela decorre, matéria-prima que lhe subjaz do princípio ao fim.
E, finalmente, expõe o estilo e a capacidade descritiva do autor («soube conciliar o inconciliável»), pela forma como arrostou com as dificuldades literárias e estéticas que o assunto implicava:
«Não há aspecto, ruído, palpitação, cambiante, grito ou rugido, labareda ou incêndio, fragor ou deslizar de sombras que ele não haja surpreendido, na sua ardorosa gestação ou revelação.»

Joaquim Manso, «Pintura sóbria, verdadeirta...», Ferreira de Castro e a Sua Obra, edição de Jaime Brasil, Porto, Livraria Civilização, 1931.

Monday, December 08, 2014

Tiago Salazar fala sobre PEQUENOS MUNDOS E VELHAS CIVILIZAÇÕES


«Ler Ferreira de Castro, 40 anos depois». No Museu Ferreira de Castro, sexta-feira, 12 de Dezembro, pelas 19 horas.
tel.: 219238828

fonte

Tuesday, December 02, 2014

Monday, December 01, 2014