Thursday, December 31, 2009

10 livros que não mudaram a minha vida

Do Catharsis chega este desafio. pois aqui vai: 10 livros que não mudaram a minha vida.

1- A selva e a neve, de Ferreira de Castro;
2- A velha casa, mas divorcia-se logo a seguir, de José Régio;
3- É amor, foda-se!..., de Camilo Castelo Branco;
4- Folha murcha, de Almeida Garrett;
5- O barão de Castro Guimarães, de Branquinho da Fonseca;
6- Para o infinito e mais além, de Vergílio Ferreira;
7- Ravina dos tapados, de Alves Redol;
8- Sozinho e muito infeliz, de António Nobre;
9- Tabacaria, valores selados, brindes, de Álvaro de Campos;
10- Tusa, de Marmelo e Silva.

5 comments:

Austeriana said...

:)))
Fiquei basbaque com esta montra de livros! :))))
Um excelente Ano Novo, RAA! Tudo de bom para si e para os seus!
Abraço.

RAA said...

Obrigado, Aust., também para si!)
um abraço.

Ana Paula Sena said...

:))))

Tal como a Austeriana, também fiquei basbaque com a divulgação destas obras raras! :))))

Um excelente 2010, RAA! Também para o "Ferreira de Castro".

Um abraço

P.S. - Muito obrigada pela resposta e original contributo para o desafio.

RAA said...

Ainda bem que gostou, Ana Paula :)
Eu é que lhe agradeço a oportunidade, rara, de brincar com coisas sérias...
2010, espero que seja bom para o «Ferreira de Castro», porque para o Ferreira de Castro, que é como um bom vinho, de ano para ano melhora, à medida que vamos ganhando perspectiva. O Tempo é implacável...
Um abraço

Ana Paula Sena said...

Tem razão, RAA: o Tempo é implacável.

E, por vezes, isso é bom :)